Ache aqui o que você procura!

terça-feira, 8 de março de 2011

Dia da mulher

Antes que o dia termine, preciso falar sobre a data de hoje.
Nada combina mais com a data do que rosas vermelhas. Feliz dia da Mulher!

Não importa como e porque esta data foi criada, o que importa é que assim como Natal, Páscoa e dia das mães, tornou-se mais uma data comercial, cujo significado se perdeu no tempo.
Toda mulher (assim como qualquer ser humano) gosta de ser valorizada, e lembrada por suas virtudes. Ganhar presentes, principalmente flores, também não é nada ruim. Mas se precisamos de uma data especial para lembrarmos que temos mãe, ou que a mulher tem o seu valor, é porque não lembramos mesmo da nossa mãe e nem damos valor algum à mulher.

Os homens temem essa mulher dos novos tempos, moderna, inteligente, decidida, forte, dinâmica, disciplinada e multifuncional. Temem que o mundo seja dominado por elas e que não lhes reste papel de destaque neste novo mundo. 

A mulher evoluiu e desenvolveu inúmeras habilidades. Descobriu ser capaz não só de gerir, administrar sua casa, sua família mas também grandes corporações a até países. Aprendeu que além de trocar fraldas pode trocar pneus e também ideias e opiniões com outras mulheres e também com homens, pois a ela foi dado o dom de ouvir, não com os ouvidos, mas com o coração, com a alma. Desenvolveu a habilidade de amamentar seus filhos ao mesmo tempo em que paga as contas via Internet, dá ordens à empregada e fala ao telefone com o marido para lembrá-lo de um compromisso. Aprendeu a lavar a roupa, a louça, o carro, a alma. É capaz de ser doce, meiga e gentil ao mesmo tempo em que dá ordens duras e faz exigências. Descobriu que além de pilotar o fogão e o tanque, pode pilotar carros, caminhões, máquinas complexas e foguete espacial também (porque não?). 

As mulheres, mesmo as simples donas-de-casa, mesmo aquelas que são mães, desempenham inúmeros papéis: cozinheira, lavadeira, advogada, enfermeira, arquiteta, engenheira, desenhista, professora, cientista. Fazem isso tudo sem perceber, enquanto administram as brigas dos filhos, tratam suas gripes, resfriados e machucados dos tombos de bicicleta, enquanto os ensinam a falar, a escrever, a contar até 10, enquanto transformam seus quartos sem espaço em locais onde possam não apenas dormir, mas também brincar e estudar, enquanto preparam as papinhas e lavam suas roupas delicadas, enquanto fazem experiências com pequenas formigas e grãos de feijão que eles teimam querer saber o que fazem e como se desenvolvem, enquanto se desdobram em responder todas as inúmeras perguntas que a curiosidade infantil é capaz de produzir e processar.
Enquanto a mulher evoluiu e aprendeu a deixar de ser submissa, passiva, serviçal e até subserviente, passando de mera coadjuvante a protagonista da própria história, deixou de ser a gata borralheira não pra se transformar na Cinderela mas na mulher maravilha, os homens continuaram os mesmos: são os mesmos homens das cavernas, guiados pelo pobre, mesquinho e falho instinto animal. Ainda se valem de argumentos ridículos de que a essência do homem é procriar e prover para justificar suas falhas (até mesmo as de caráter) como se fossem bichos incapazes de raciocinar e escolher.




Por ciúme e posse, eles matam, mutilam. Tá, mulher também faz isso. Mas estou falando metafóricamente, pois ninguém além de um homem consegue matar ou mutilar gravemente a alma e a autoestima de uma mulher e é aí que eles continuam a dominar o mundo.

Este texto não tem o intuito de generalizar. Nem todas as mulheres são capazes disso tudo, eu sou um exemplo de mulher que é falha e limitada. Nem todos os homens são canalhas e comportam-se igual o capitão-caverna. Sei que existem mulheres que não valem a sombra que fazem no chão, assim como existem homens que esforçam-se para desenvolver a habilidade sutil da sensibilidade. Mas as diferenças entre os sexos ainda existem e são gritantes. Em parte porque não há nada no mundo que possamos fazer para que deixemos de ser realmente diferentes e é preciso aceitar essas diferenças para a partir delas aproximarmos homens e mulheres realmente e podermos nos sentir igualmente valorizadas em todas as áreas e de todas as formas.

Se eu fico vulnerável e ferida quando a porção sapo (ou seria ogro?) do meu príncipe se manifesta, ele também se aborrece quando a minha porção Cinderela (ou Bela Adormecida) falam mais alto. Enquanto nós 
mulheres ainda acreditarmos em contos de fadas eles ainda se comportarão como o ogro do pântano. Porque os homens podem admirar as formas da Cinderela, mas querem ao seu lado mulheres como a Fiona, que luta no dia-a-dia de forma igual e que não se limita a olhar sua imagem no espelho, pois prefere se ver no espelho dos olhos de quem a admira por inteiro, não apenas por sua casca.

Por isso acredito que só recuperaremos o verdadeiro sentido de comemorar o dia internacional da mulher, quando fizermos nossa revolução interna e deixarmos de ser as eternas princesas esperando pelo príncipe no alto da torre. Mulher não espera, faz acontecer. E os príncipes? Eles estão aí, pelo caminho, por toda a parte. Quem não ficar esperando, vai encontrar o seu. Ou descobrir que pode muito bem viver sem eles.










.
Comentários
8 Comentários

8 comentários:

  1. Lindo! Lindo! Lindo!

    Adoro seus posts. Eles me emocionam sempre!

    Abraços carinhosos e fique com Deus!

    Heloiza

    ResponderExcluir
  2. Lindona! Adorei o texto! Grande? Nem reparei! Mil bjs e FELIZ DIA DA MULHER: todos os Dias!

    ResponderExcluir
  3. Ai amiga...
    mesmo atrasado um feliz dia da mulher para vc !! aliás... como vou atrasada mesmo e todos os dias são nossos,pelas nossas lutas diárias, felizes dias para vc ! beijinhos

    ResponderExcluir
  4. O Shrek acha a Fiona linda porque a ama. E isso é o verdadeiro amor, amamos não pela beleza exterior, mas porque a pessoa tem qualidades sem as quais não conseguiríamos sobreviver e porque ela faz de nós um ser melhor. Acho um absurdo os homens que traem as suas mulheres porque elas "envelheceram"... O que significa isso? Eles também não envelhecem? O amor é muito mais do que a atração física, é uma atração de almas!
    Excelente post, parabéns, mulher de fibra!
    Beijo
    Adri

    ResponderExcluir
  5. Oi Tuka, vou aceitar sua ajuda sim. Sei que existe essa ferramenta que você indicou, mas não faço idéia de como usar.
    Depois volto com mais calma, tô na correria!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. O Shrek acha a Fiona linda porque a ama. E isso é o verdadeiro amor, amamos não pela beleza exterior, mas porque a pessoa tem qualidades sem as quais não conseguiríamos sobreviver e porque ela faz de nós um ser melhor. Acho um absurdo os homens que traem as suas mulheres porque elas "envelheceram"... O que significa isso? Eles também não envelhecem? O amor é muito mais do que a atração física, é uma atração de almas!
    Excelente post, parabéns, mulher de fibra!
    Beijo
    Adri

    ResponderExcluir
  7. Lindona! Adorei o texto! Grande? Nem reparei! Mil bjs e FELIZ DIA DA MULHER: todos os Dias!

    ResponderExcluir

Que bom que você veio!
Deixe aqui a sua impressão,
opinião ou recadinho.
Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...