Ache aqui o que você procura!

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

A história de um milagre

Bruna antes do diagnóstico
Bruna tem 14 anos, recém completados, mesma idade da minha filha Yasmin. Há poucos meses começou a sentir dores abdominais. Cogitou-se de tudo até de que estaria grávida! Mas após alguns exames, constatou-se que tinha um câncer de ovário. A contagem de células cancerígenas na corrente sanguínea que numa pessoa saudável não deve ser superior a 15, nela era algo em torno de 13.000. Teve que retirar o ovário e havia ainda o risco de ter que retirar também o outro. O médico não deu esperanças à família. Hamilton, o pai, conta que assim que saiu da sala do médico, completamente sem chão, uma equipe de psicólogos os aguardava para “prepará-los para o pior”. O pai se desesperou, se revoltou. A menina chorou uma única vez.

Linda mesmo sem cabelos
O médico então marcou seis sessões de quimioterapia que deveriam ser feitas vários dias por semana ao longo de seis meses. Esse também foi o prazo dado para que ela vivesse. Ele não foi direto ao dizer isso, não teve coragem diante do sofrimento deles, mas deu bem a entender. Hamilton então começou uma busca por algo que diminuísse os efeitos da quimioterapia que ele sabia ser muito forte, disse que não iria conseguir ver sua filhinha sofrendo. Nesta busca encontrou uma linha de produtos naturais, chamados de nutracêuticos, à base de Aloe Vera, a popular babosa, beneficiada e produzida por uma empresa americana, e com a concordância do médico, passou a usar na filha. Estes suplementos mantiveram a imunidade dela alta apesar da químio. Também ajudaram a preparar seu organismo para combater a doença junto com a quimioterapia. Exceto pela falta de cabelos, a aparência dela sempre foi de uma menina saudável, um sorriso encantador sempre nos lábios.


Quando os cabelos começaram a cair, o pai raspou os dele. Parece um gesto à toa, mas foi a forma que ele encontrou de demonstrar seu amor e que nada neste mundo é mais importante que a filha. Puseram-na pra dormir na cama do casal e se revezavam à noite para velar seu sono. Andréa, a mãe, conta que ficava em cima dela para ver se estava respirando, como todas as mães fazem com seus bebês recém nascidos. A dedicação deles foi total. Passaram a viver em função dela, sem com isso abandonar ou descuidar dos outros três filhos. Mantiveram-se unidos, fortalecidos pela fé e pelo amor que sentem uns pelos outros.




Com os pais, Hamilton e Andréa
O exame foi feito mais uma vez em agosto. A contagem das células surpreendeu os médicos: 1.200, um resultado que esperava-se alcançar com muita sorte em fevereiro. Na última semana ela teve um sangramento nasal, coisa boba em crianças, mas que no caso dela podia ser preocupante. Ela tinha levado uma pancada da irmãzinha de 1 ano e meio. Por causa disso, e com o zelo de sempre, levaram ao médico que resolveu antecipar os exames que faria após a 6ª sessão de quimioterapia (ela tinha completado a 4ª). O resultado do exame mostrou que ela tinha apenas três células cancerígenas (lembram que disse no início que o normal é até 15). O médico mostrava o exame, circulava o resultado à caneta, mas eles não entendiam, não caía a ficha, então o médico disse com muita ênfase: - “Três! Pra mim está bom e pra vocês? A Bruna está curada!”

Hamilton ficou tão eufórico que se sentiu sufocado naquela sala e antes de sair correndo levando a Bruna pela mão, só gritou para o médico que se preparasse para a festa de 15 anos dela. E saiu em disparada deixando a Andréa com o médico conversando detalhes. Foram para frente do hospital e gritavam enlouquecidos os dois, diante do olhar curioso e incrédulo dos demais. Pela segunda vez a Bruna chorou, mas desta vez foi de alegria, de alívio.
Com os irmãos Stéfanie, Jonatan e Luiza

Essa família venceu esta batalha, recebeu esta graça porque se manteve unida e porque teve fé. Fé na medicina, fé nas escolhas que fez, nas alternativas que encontraram, fé no amor e na união, fé em Deus. O amor reina naquela casa, sente-se ele pairando no ar e a fé  fez com que Deus colocasse em seus caminhos as pessoas certas nas horas certas: amigos, conhecidos e até desconhecidos surgiram no caminho no momento propício para ajudá-los. Foi esta fé o que os manteve fortes para suportar todo o sofrimento dessa dura batalha. Este post é um presente para Bruna e uma homenagem a uma família que tem sua base forte no amor.


------------------------------------

Este é o post que prometi e que deixou muita gente curiosa.  Espero que tenham gostado dessa bela história de fé e esperança. Procurei contá-la com toda a emoção com que a ouvi diretamente das pessoas envolvidas nela.

Comentários
20 Comentários

20 comentários:

  1. Simplesmente emocionante
    Como Deus é bom e a família é tudo
    Obrigada por compartilhar essa história
    mil beijos

    ResponderExcluir
  2. Eu to chorando rios aqui.
    Coisa boa ver uma família unida, exemplo de amor, superando obstáculos.
    Maravilhoso ver gente do bem recebendo um milagre.
    Dê um abraço apertado por mim na Bruna?!
    Bjks Tuka!

    ResponderExcluir
  3. Tuka,
    Muito obg por partilhar conosco essa bonita história. Ler exemplos como esses só nos fortalece e renova a nossa esperança e fé em Deus. Que seu post possa ser lido por outras famílias que hoje passam por esse terrível problema. Que possa servir de alento e dar forças para continuar lutando contra esse mal.

    ResponderExcluir
  4. Nossa!
    Que história de amor, fé, união, e vitória!!
    Obrigada por compartilhar e fazer da minha quarta feira mais especial.

    Se tiver oportunidade mande nosso beijo á essa família tão guerreira e abençoada por Deus!

    E Ele é Fiel sempre, nunca abandona!!

    Bjão Tuka, lindo dia!!

    ResponderExcluir
  5. Nossa q emoção!!!
    É com essas histórias que aprendemos a acreditar cada dia mais em Deus, na vida e que ainda existe gente boa no mundo.

    Parabéns à Bruna e aos seus pais...

    Que eles continuem sendo abençoados sempre.


    beijos Tuka

    ResponderExcluir
  6. Vc conseguiu passar a emoção! Em diversos momentos da narrativa eu fiquei com lágrimas nos olhos. De tristeza e depois de alegria!
    A gente vê que é possível! É ter fé, esperança, acreditar e nunca desanimar!
    Ela é linda!!! Um sorriso contagiante!
    Parabéns a toda família!!!
    E obrigada pelo post!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  7. Ai Tuka não vale um post deste, nossa to aqui chorando menina, com aquele nó na garganta sabe, ai guria que fé, que familia mais linda, nossa que historia...ai chega é muita emoção para um dia...beijocas no quinteto, adoro vc!

    ResponderExcluir
  8. Linda post Tuka.
    Quando existe FÉ nada é impossível.

    Bjs

    ResponderExcluir
  9. O amor de Deus e a união da familia fizeram esse milagre!
    Deus seja louvado!

    ResponderExcluir
  10. Hey Tuka!
    Que história mais emocionante e forte! Tb acredito na força extrema do amor! Lindo mesmo Tuka!
    beijocas,
    mari

    ResponderExcluir
  11. Nem sei como cheguei aqui, só sei que chorei de emoção com esta história.
    Deus é maravilhoso!
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Tuka,
    Tem um doce mimo para você no Amar ser Mãe... bjinhos...

    ResponderExcluir
  13. Oi Tuka

    Vi seu nome no meu blog no comentário que você deixou e pensei: "hum, já vi este nome!!!" e fiquei matutando aqui. Até que me lembrei que eu e você participamos do concurso de fotos no blog "Trocando Idéias..." não foi?!

    Muito bacana ver você no meu blog. Obrigada pela sua visitinha e por me seguir.
    Vamos sempre manter contato ok??

    Me comovi muito com seu post. A história da Bruna é de uma vencedora mesmo. A atitude do pai dela de raspar a cabeça também foi nobre demais.

    Um beijo Tuka.

    ResponderExcluir
  14. Tuka, que exemlo hein? Tô aqui emocionadíssima. Cada dia tenho mais fé na vida e em Deus! bjs

    ResponderExcluir
  15. Emocionante!!!
    Exemplo de fé e perseverança!!!
    E que menina linda, forte!!! Uma bênção!!!

    Obrigada por compartilhar esta linda história!!!

    Cláudia

    ResponderExcluir
  16. Hey Tuka!
    Que história mais emocionante e forte! Tb acredito na força extrema do amor! Lindo mesmo Tuka!
    beijocas,
    mari

    ResponderExcluir
  17. O amor de Deus e a união da familia fizeram esse milagre!
    Deus seja louvado!

    ResponderExcluir
  18. Vc conseguiu passar a emoção! Em diversos momentos da narrativa eu fiquei com lágrimas nos olhos. De tristeza e depois de alegria!
    A gente vê que é possível! É ter fé, esperança, acreditar e nunca desanimar!
    Ela é linda!!! Um sorriso contagiante!
    Parabéns a toda família!!!
    E obrigada pelo post!
    Um beijo

    ResponderExcluir

Que bom que você veio!
Deixe aqui a sua impressão,
opinião ou recadinho.
Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...