Ache aqui o que você procura!

domingo, 10 de outubro de 2010

Dia das crianças

Sou do tempo em que o dia das crianças era mais uma data para se fazer um bom passeio com o pai e a mãe, do que de ganhar presentes. É claro que sempre ganhava uma coisinha, mas como faço aniversário em novembro e em dezembro tem o Natal, época em que os presentes são mais volumosos, em outubro o mais interessante era mesmo passear ou qualquer coisa do tipo.

Vejo na TV os pais levando os filhos para escolherem os presentes e ficando aflitos com essas escolhas, no meu tempo os presentes eram dados de acordo com o que  o pai e mãe (ou tios, avós, dindos) podiam dar, a mim foi ensinado à agradecer. Até hoje não consigo escolher um presente e fico imensamente grata por terem lembrado de mim, não importa muito o que me é presenteado e sim o carinho com que é dado.

Crianças brincando de cantar
Crianças pequenas não entendem a necessidade do presente, até que nós mesmos as ensinarmos. Aqui em casa, como a situação não tá lá essas coisas, elas não sabem que dia 12 é dia de criança ganhar presente e portanto não irão sofrer por não ganhar. A estratégia é passar o dia com elas, levá-las na pracinha, fazer um lanche gostoso, dar a elas mais atenção do que temos dado.

Não acho importante que minhas filhas tenham brinquedos caros, nem as bonecas que aparecem nos comerciais de televisão, ou a última sandália da Xuxa. Acho mais importante que elas brinquem, tenham espaço para correr, possam rabiscar seus desenhos (dia desses ganhei um enfeite lindo de círculos de todos os tamanhos no meu lençol), recebam carinho e atenção. Que possamos ter tempo e paciência para ouvir suas histórias, mesmo que ainda não tenhamos aprendido a traduzir a sua linguagem.

É óbvio que quero o melhor para minhas filhas, sonho em poder dar a elas roupas novas compradas exclusivamente para elas, brinquedos educativos, bonitos e coloridos, mas peço mais a Deus que me dê saúde para vê-las crescer, serenidade para acompanhar o ritmo acelerado e frenético das suas brincadeiras sem perder a paciência e, se não for pedir muito, capacidade para ensinar a elas valores verdadeiros e fazer delas pessoas felizes, plenas, capazes.

Neste momento, tudo o que eu tenho para dar às minhas filhas é o imenso amor que sinto por elas, um bocadinho de sabedoria que ganhei ao longo da vida e os valores que aprendi com os meus pais. Não é muito, mas espero que seja suficiente.

Comentários
8 Comentários

8 comentários:

  1. Tuka,
    Com certeza, amor, educação e bons valores são os melhores presentes que podemos dar a nossos filhos...
    Muito obg pela visita e comentário no Amar ser Mãe. E fico ainda mais agradecida por vc manifestar o seu desejo em participar do quadro Agora é a sua vez. Aguardo seu texto.
    Um grande abraço e boa seman !

    ResponderExcluir
  2. É vdd mesmo.
    Me lembro do meu pai me levando pra passear nos parques por aí, junto com meu irmão e um primo.
    Que delícia que era.

    E é isso mesmo, o mais importante são os valores.
    O amor, o resto vem atrás!!

    Bjo querida
    Boa segunda e ótimo feriado!!

    ResponderExcluir
  3. Tuka o que vc está oferecendo aos seus filhos é tudo que eles precisam pra serem adultos maravilhosos!
    beijocas,
    Mari

    ResponderExcluir
  4. Lindo Tuka, eu me lembro que meu pai sempre me perguntava aonde eu queria ir... tipo, eu podia escolher um parque ou alguma coisa assim. Infelizmente nós estamos destruindo as nossas crianças com tanto materialismo.
    Ganhar presentes é maravilhoso, mas não pode ser o principal nas relações.

    Enfim... eu comprei uma besteirinha para a minha afilhada e na verdade quero mesmo é que ela se divirta comigo e eu mais ainda com ela!

    Super beijos

    ResponderExcluir
  5. Eu acho linda a mente das crianças..

    bjs
    Insana

    ResponderExcluir
  6. Lindo Tuka!
    Infelizmente alguns valores se perderam o que ficaram foram o presentes para compensar algumas faltas...
    Como foi comentando acima, você está dando o essêncial para seus filhos serem adultos maravilhosos (complementando) e felizes.

    ResponderExcluir
  7. Oi querida,

    Tbm sou deste tempo em que dia das cças não significava, necessariamente, presentes, mas sim um passeio, um lanche diferente, a presença do pai e da mãe juntos!
    Nunca fui à favor do consumismo e embora não seja católica, todo ano antes dos presentes fazemos orações e agradecemos Nossa Senhora pela vida, pela saúde, pela família, pelos amigos e por tudo de bom que temos recebido!
    Certamente neste momento suas meninas precisam mais de presença, carinho, atenção do que de presentes caros!
    Na verdade, nenhuma cça precisa de presentes caros para ser feliz, não é mesmo?!

    bjs e tenham um lindo resto de feriado!

    Cláudia

    ResponderExcluir
  8. Eu também sou do tempo que o passeio com os pais era mais valorizado do que um belo presente.

    Eu nem sempre ganhei presente. Muitas vezes meus pais não tinham grana para comprar... e mesmo assim eu fui feliz... e sou...

    e pretendo fazer isso com meus filhos tbm.
    Mostrar mais o valor de estarmos juntos, e brincarmos mais, do que um presente comprado em loja.

    Linda a sua atitudo Tuka..

    e as meninas cada vez mais lindas tbm...

    beijos

    ResponderExcluir

Que bom que você veio!
Deixe aqui a sua impressão,
opinião ou recadinho.
Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...