Ache aqui o que você procura!

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Lembranças de uma viagem

Conheci São Paulo quando tinha 11 anos. Meus tios Marta e Fernando haviam mudado para lá um ano antes e como éramos muito apegados, em especial à tia Marta, resolveram me levar pra passar uns dias com eles depois das festas de fim de ano celebradas aqui no sul junto das famílias. 

Passei uns dias com eles na praia de Atlântida e nos primeiros dias de Janeiro pegamos a estrada rumo à capital Paulista. Foi uma viagem longa, de carro, íamos parando aqui e ali para um lanche, um xixi e um pouco de descanso para os motoristas que embora fossem 2 se revezando na direção do chevetinho, uma viagem longa assim, horas e horas na estrada, cansa qualquer mortal.

Para me distrair, me compraram uma pilha imensa de gibis que eu adorava, mas como lia rápido, devorei toda a pilha entes mesmo da hora do almoço do primeiro dia de viagem.  Mas ainda tinha as lindas paisagens de Santa Catarina e suas praias azuis, que eu até então nunca tinha visto. Almoçamos em Garopaba e depois nos atiramos naquele mar de águas transparentes. Foi o melhor banho de mar que tomei na vida, não esqueço nunca.

Ainda tínhamos muita estrada pela frente então ficamos pouco tempo parados ali, seguimos viagem até Curitiba onde passamos  a noite e de onde partimos para o segundo dia de viagem. A essa altura, já não tinha mais tantas belas paisagens a serem admiradas, a única fita K7 (é, eu sou velha) existente no carro era "10 anos de Abba" e já tinha rodado umas 300 vezes de cada lado e já não suportávamos mais ouvi-la. 

Também já tinha lido todos os gibis umas quantas vezes e já não tinha a menor graça. Do Paraná para cima, em direção ao estado de São Paulo, o trânsito era intenso e as estradas repletas de caminhões. Comecei a contá-los para passar o tempo. Obviamente perdi a conta.

Catedral da Sé - foto da internet site http://culturageralsaibamais.wordpress.com/
Mas finalmente chegamos à cidade e fiquei maravilhada com tudo que conheci lá. Naquele quase um mês que passei naquela cidade imensa, conheci muita coisa que não existia por aqui ainda, como os Shoppings  (o primeiro de Porto Alegre inaugurou uns dois anos mais tarde) ou coisas grandiosas como os aeroportos, a praça da Sé, as avenidas repletas de arranha-céus, a 25 de Março e a multidão que circulava por lá. Lembro que comprei uns presentes para meus irmãos e uma camiseta do "Curintia" pra mim de lembrança da cidade.

  Como eu ainda era criança, os passeios que mais me marcaram foram os de criança, como uma noite no playcenter, um parque gigante perto dos que eu conhecia, com brinquedos que eu nunca tinha experimentado e os adultos fazendo todas as minhas vontades. Outro passeio inesquecível foi à ida ao cinema para assistir o filme "Indiana Jones" (ó eu entregando a idade de novo) que era censurado para menores de 14 anos. Eu tinha 11 e entrar no cinema enganado o bilheteiro que tinha 14 e que a tia era minha mãe, foi uma aventura e tanto para mim. 

No final do tempo previsto para minha estada lá, fui convidada à ficar. Meus tios ainda não tinham filhos e seria muito bom pra mim ficar com eles. Balancei, fiquei tentada. Mas pensei na minha mãe e nos meus irmãos ainda pequenos, sabia que viveriam sem mim, mas apesar disso sabia também que precisavam da minha ajuda. Senti saudades e voltei. Dessa vez sozinha e de avião, vivendo mais uma experiência nova e inesquecível.

O tempo passou e nunca mais consegui voltar lá. Meus tios mudaram-se para Manaus, tiveram dois filhos lindos que já são adultos (e continuam lindos), voltaram para São Paulo, separaram-se, casaram de novo. Eu cresci, tive filho, casei, tive mais um monte de filhos. A vida segue seu curso. Mas as lembranças constróem a pessoa que somos e as lembranças boas são as que mais contribuem para essa construção.

Não sei se gostaria de morar em São Paulo, aquela cidade me assustou um pouco, por sua imensidão, seu movimento, agitação e barulho. Sei com certeza que gostaria de voltar lá e ver de novo esta cidade com um olhar mais atento. É com certeza uma cidade magnífica e grandiosa.

Depois dessa, fiz muitas viagens bacanas onde me diverti muito. Mas nenhuma ficou tão marcada na minha memória quanto essa, por todas as experiências novas que meus tios me proporcionaram naqueles dias.
Comentários
9 Comentários

9 comentários:

  1. Que delícia, um post sobre a minha amada São Paulo.
    Sou suspeita para falar, pois posso passar anos e vou continuar me maravilhando com essa cidade.

    Q linda história Tuka... deve ter sido uma viagem inesquecível mesmo... coisa gostosa!
    eu assim que possível farei, mas ao contrário... de São Paulo ao Rio Grande do Sul... se tudo der certo.

    beijos

    ResponderExcluir
  2. Adoro viajar, tenho muita vontade de conhecer São Paulo.
    Ótimo post!

    ResponderExcluir
  3. Katia, que gostoso lembrar disso... Fiquei feliz que isso tenha ficado na sua memória como a sua melhor viagem. Eu não lembrava do K7 do Abba..rs tadinha deve ter sido uma tortura pra uma criança ouvir tantas vezes. O que mais me marcou nessa viagem foi quando chegamos em Curitiba , sua alegria foi demais, era a primeira vez que ia dormir num hotel. Beijos minha querida com saudades!!!

    ResponderExcluir
  4. Impossível negar que: "...e uma camiseta do "Curintia" pra mim de lembrança da cidade." É um motivo de grande orgulho pra minha pessoa. É um grande prazer escutar essas coisas gostosas da minha cidade cuja qual eu conheço por inteiro e tanto amo. Quero um dia ter o prazer de escrever o mesmo de PoA, afinal, somos duas exceções nesta guerra entre paulistas e gaúchos. Ahahah!

    Belo Post!

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia não. Muito bacana! Parabéns pelo Post. Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Querida Kátia,

    Gostei e me emocionei com sua lembrança desta viagem.
    Aguardo uma nova visita. Agora, além de rever a capital, terás a oportunidade de conhecer o interior de São Paulo.

    Um beijão

    Luiz Fernando

    ResponderExcluir
  7. Licençinha Tuka, posso entrar?!?!?
    Teu blgo é muito legal!
    Tua familia é linda! "Que Deus os abençoe!"

    Sou colega de EM e também aprendi e aprendo muito com ela, principalmente a ter paciência.

    A infância... Que saudade... Foi, sem dúvida, a melhor fase da minha vida.

    Beijos
    da Neyra.

    ResponderExcluir
  8. Oi Kátia. coincidencia mas estamos aqui em S.Paulo com a Marta e o Souza. Muito legal ler sobre essa viagem que fizestes. Incrível como vc consegue lembrar tão claramente dos detalhes vividos. acho que estou realmente ficando velha, pois as minhas lembranças são um tantinho mais embaçadas, rsrsrs. beijos queridas, adoro ler o seu blog.

    ResponderExcluir
  9. Tuka! amei a história... Essa cidade é mesmo uma coisa de louco! Eu tb costumava passar minhas férias por aqui! Ah e olha que sou mais velha que vc...hahahaha... então empatizo com tudo que vc citou!
    E Sampa continua assim enorme e maluca, mas adorável! Quando quizer visitar é só falar! Portas abertas....
    beijocas,
    Mari

    ResponderExcluir

Que bom que você veio!
Deixe aqui a sua impressão,
opinião ou recadinho.
Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...