Ache aqui o que você procura!

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

O que há de novo no ano novo?


Share

E 2012 chegou. É ano novo. Mas o que há de novo?

Na teoria tudo. Na prática, só o carnê do IPTU. 

Tenho o costume de fazer reflexões profundas no fim do ano. Quando chega novembro, se aproxima meu aniversário e eu já me retraio mais, é automático, e fico refazendo mentalmente os acontecimentos do ano, separando as coisas boas, positivas e construtivas das "outras". 

Não teci planos este ano, mas é inegável que tenho expectativas e desejos. Também sei que alcançar alguns objetivos depende quase que exclusivamente de mim, mas que pra ter êxito são necessárias algumas mudanças.

Essas mudanças não são externas. Nada que possa ser resolvido com um novo corte de cabelo, maquiagem e roupa nova. São mudanças internas, mudanças de atitudes, de hábitos. São as mais difíceis.

Não é simples mudar. Saber que é necessário é um passo. Saber o que é o certo a se fazer é outro e enorme passo. Mas saber o que tem que ser feito não significa saber COMO fazer. 

Você sabe que precisa ser mais positiva diante da vida e encarar as coisas com mais leveza, mas aprendeu a vida inteira a sofrer por coisas que não pode modificar. Então você sofre por não conseguir mudar isso. 


Você sabe que precisa  gritar menos, ter mais paciência, ser mais carinhosa com quem ama. Mas se pega invariavelmente gritando, sendo ríspida e insensível. E faz sofrer aqueles que você mais ama, e sofre por ter feito tudo errado de novo. É um ciclo. Curar-se disso é como curar alcoolismo, tabagismo, drogadição. Sente-se uma necessidade física de agir como sempre. Têm-se crises de abstinência que causam muito sofrimento. Às vezes achamos que não vamos conseguir.

E é possível que não se consiga mesmo. Curar-se de um vício na maioria das vezes necessita mais do que só força de vontade. Muitas vezes é necessário terapia, auxílio, alguém que te lembre (delicadamente, carinhosamente) que você decidiu se modificar.

O que é de hábito faz-se sem sentir. São gestos, atitudes e palavras que simplesmente fazem parte de quem somos, é intrínseco, natural. Para fazermos diferente, precisamos lembrar-nos de fazer, pensar e fazer um esforço todas às vezes, até que a nova maneira se torne também um hábito, intrínseco e natural.

Essas são as minhas resoluções de ano novo, o que quero que seja realmente novo em minha vida. Ainda não sei se vou conseguir, mas estou realmente tentando.
Vocês me ajudam?

* Imagem: daqui


Por: Tuka Siqueira / @TukaSiqueira

Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. Tuka querida
    Vamos juntas, ne?!
    Boa reflexão...tbe quero melhorar
    Um super 2012!
    Grande beijo

    ResponderExcluir
  2. Consegue sim, você é das fortes!!!
    Beijos, feliz 2012.

    ResponderExcluir
  3. É inevitável fazermos essas resoluções para o ano que se inicia né? O bom é que nos empenhamos em conseguir o que planejamos! "Tamo juntas"! Vamo que vamo! FELIZ 2012 Tuka querida!!!!!
    Bjs
    Dani

    ResponderExcluir
  4. Tuka, como o HL insiste em afirmar o mais importante e tentar, e tentar de verdade buscando novos caminhos, outras alternativas, mas se entregando de corpo e alma a estas tentativas... a verdadeira mudança não ocorre por que o dia tal chegou ou passou, mas porque nos remodelamos e crecemos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Acho que a percepção do que não está bom ou do que a gente quer efetivamente mudar, já é um primeiro passo... em seguida se perceber do nosso desejo, um seguindo para e conseguir colocar em prática aquilo que desejamos e essa é a parte mais difícil de todas!
    Vai com fé, no caminho certo vc já tá! e só seguir!!!!

    ResponderExcluir
  6. Só te ajudo se me ajudares também - no meu caso, com a minha completa desorganização com o tempo (leste minha postagem nos Morcegos?! Se não, corre lá, acho que vais apreciar...)!

    De mais a mais, uma mudança SÓ acontece de dentro pra fora: as inversas não são duradouras...

    Desejo-te, juntamente à tua família, um 2012 de plenas realizações e boas mudanças! Ah, e de mais visitas com comentários, também! Falando nisso, pensei em retirar o espaço para comentários dos Diários do Papai (estava murcho em relação à visitação tão miúda de sempre, com tão poucos 'comments'...), mas queria a tua opinião (a Mamãe é completamente contrária!).

    Um beijo no coração, minha cara!

    ResponderExcluir
  7. Tuka, estou aqui torcendo para que consiga comprir suas resoluções. Que 2012 seja um ano ótimo e especial para vc e sua família.

    Bj gde,

    Flávia
    www.conexaoflavia.blogspot.com

    ResponderExcluir

Que bom que você veio!
Deixe aqui a sua impressão,
opinião ou recadinho.
Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...