Ache aqui o que você procura!

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Blogagem Coletiva - Violência e Abuso Infantil



Mais uma blogagem coletiva, desta vez o assunto é violência e abuso infantil e foi proposta pela Taísa do blog Aprendendo com Davi e pela Tenikey do blog O amor de Cecília.

Não tenho muito o que falar sobre este assunto porque graças à Deus nunca sofri e nem presenciei nenhum caso de abuso ou violência contra crianças. Só uma vez, com uma família que morava aqui perto de casa, o pai e a mãe eram drogados, tinham uma penca de filhos e as crianças vivam soltas na rua pedindo dinheiro e as vezes apanhavam do pai. Fazíamos o que podíamos para ajudá-los da melhor forma, até que por fim tiraram a guarda das crianças dos pais colocaram-nas sob proteção.

Mas não é porque eu não sofri com isso que eu não acredito que exista e muito por aí. Não ficamos sabendo porque ninguém denuncia e é aí que mora a razão desse post e da blogagem coletiva: conclamar a sociedade para sair da sua zona de conforto e colocar a boca no trombone.

Precisamos proteger a infância, não só a dos nossos filhos, mas também das outras crianças que estão perto de nós. Proteger o filho do vizinho de maus tratos ou abuso, significa que essa criança terá menos chances de se tornar um adulto traumatizado ou violento e que poderá maltratar os nossos filhos no futuro.

Não é porque esse problema não está dentro da minha casa que ele não tem como me afetar. A criança maltratada pode maltratar os meus filhos e é aí que o problema entra na minha casa. Por isso não podemos ser omissos. Omissão é tão ou mais prejudicial do que a própria violência. Já dizia um velho ditado: Quem cala, consente.

Por isso, fique ligado. Se você testemunhar ou desconfiar que uma criança está sendo abusada ou maltratada, não perca tempo, denuncie! A denuncia pode ser feita nos seguintes locais: Conselhos Tutelares, no telefone *100, no site http://denuncia.pf.gov.br/ ou no email denuncia.ddh@dpf.gov.br. Só assim você poderá ter a certeza de estar protegendo os seus filhos.

Denuncie, nestes casos a identidade de quem faz a denuncia é preservada, então não há o que temer.






Por: Tuka Siqueira / @TukaSiqueira
Comentários
6 Comentários

6 comentários:

  1. É um assunto muito difícil de falar, não podemos deixar de falar!!
    Sou contra qualquer violência contra criança, física ou psicológica!!
    Não podemos cruzar os braços enquanto crianças estão sendo maltratadas!!

    Um abração.

    ResponderExcluir
  2. Oi tuka! muito show seu posto adorei. beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Tukinha,

    Obrigada por abraçar a causa.

    Concordo e muito qdo vc diz "Não é porque esse problema não está dentro da minha casa que ele não tem como me afetar" isso mesmo, de maneira indireta isto pode chegar dentro de nossas casas.

    Adorei te post.

    Bjks

    ResponderExcluir
  4. É inaceitável imaginar que ainda existe gente que compactua com qualquer tipo de violência. Qualquer campanha nesse sentido é totalmente válida!

    Bjos Tukinha!

    ResponderExcluir
  5. Nossa, tenho arrepios só de pensar e principalmente de saber que existem tantas crianças sofrendo assédio. Me dói na alma quando ouço nos notíciarios notícias do tipo.
    Sempre fui muito cuidadosa com meus filhos nesse ponto, sempre confiei em todos desconfiando e principalmente sempre conversei muito sobre o assunto com eles.
    Informação é tudo. E principalmente, TEM QUE DENUNCIAR SIM!

    ResponderExcluir
  6. É,Tuka ainda me espanto com gente fingindo q este problema ñ existe,e acha q ñ vendo uma notícia ela ñ possa nos afetar...qq movimento,qq campanha é válida,ñ podemos calar...
    Grande bj,querida!!!

    ResponderExcluir

Que bom que você veio!
Deixe aqui a sua impressão,
opinião ou recadinho.
Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...