Ache aqui o que você procura!

terça-feira, 8 de novembro de 2011

CONVERSAS - O (inesperado) SEXO DO BEBÊ!

Hoje nas CONVERSAS, tenho o prazer de contar com a participação especialíssima da Gabriela Teixeira. Ela escreve o blog Garoto Gabriel e a história que eu tenho com esse blog é quase inacreditável.

Esse blog é um daqueles que a gente acha por acaso, gosta, mas por algum motivo obscuro, esquece de favoritar ou seguir e nunca mais acha. Eu, como boa atrapalhada que sou, custo a ligar os pontos entre as carinhas que vejo no meu próprio blog, as twittadas aqui e ali e as amigas no face com os seus respectivos blogs. Aliás, sigo uma mesma pessoa no twitter e no face e só me dou conta que são a mesma pessoa depois de algum tempo. Essa sou eu. :( Apesar disso eu tinha o email da Gabriela num grupo de emails de mães e mandei um convite pra ela escrever aqui pro blog e ela me respondeu!

Sendo assim, deixei a preguiça de lado, e fui procurar pelo blog dela de novo até achar! Isso é a minha cara, a desorganização em pessoa! E agora já favoritei e estou seguindo, viu Gabriela?

O blog dela é cheio de amor dessa mãe pelo seu bebê, que além de nome de anjo, é um anjo de tão lindo! Um blog bem materno, assim como o belo texto que ela escreveu pra nossa "conversa".

*******************************

O (inesperado) SEXO DO BEBÊ! 


Lá em casa somos em 3 irmãs, eu sou a do meio... o único homem que habitava por lá era meu pai, a mulherada sempre dominou a área! Mais tarde minha irmã mais velha engravidou, mais uma menina na área, em seguida a minha irmã mais nova também ficou grávida e lá vem mais uma menina na família, todo mundo dizia que meu pai era um homem de sorte, viver no meio da mulherada não era tarefa fácil, coitadinho! 

10 anos se passaram... eu me casei, engravidei, e é aí que começou a história!
Não sei o porquê, só sei que na minha cabeça eu teria uma menina, TODAS lá em casa tiveram, pq eu não teria?!

Antes mesmo de fazer a ultra para saber o sexo do baby, eu e marido já havíamos escolhido o nome... seria ANANDA! O quarto lilás e branco.
Chegou o tão esperado dia de saber o sexo do bebê, marido foi até de camisa rosa, por incrível que pareça ele também estava preparado para uma menina!

-Opa, olha só que garotão, disse o médico!

Fiquei sem ar por uns segundos...

Liguei para minha mãe (o sonho dela era ter um menino) minha família e amigos amaram a idéia, todos diziam que eu fui a premiada, a única a ter um menino!

Chorei quando cheguei em casa, eu fiquei péssima com a notícia. Como cuidar de um menino? E agora? Meninos não são tão apegados como meninas. Eu sempre vivi no meio de mulheres. Pensei muita besteira, fiquei meio depressiva, sei lá.

Os meses se passaram, me conformei com a ideia, fiz planos, marido só falava em levar o menino para jogar futebol, escolhi todo o enxoval, quarto azul e branco, roupas em vários tons de azul fazia parte do guarda-roupa. 

EU REALMENTE FUI A PREMIADA!

Enfim, essa história toda serviu para me mostrar que filho é FILHO, independente de sexo, de cor.

Olhando para trás eu vejo o quanto fui hipócrita e egoísta, mas o q passou, passou. 

GABRIEL nasceu, o amor aconteceu... pensava eu que menina era meu forte, meu forte mesmo é MENINO, chutar bola, gritar gol, assistir desenhos de ação. Será mesmo que eu teria paciência de brincar de casinha? 


Se eu quero outro filho?! Quero sim... SÓ SE FOR MENINO! 

Ah... e pra encerrar essa história com chave de ouro, hoje nasceu mais uma mulher na família, minha irmã teve mais uma MENINA! 


Samira... nasceu hoje 04/11/2011. Então GABRIEL ainda é o único homenzinho da family. Agora sim, A CASA DAS 7 MULHERES ESTA COMPLETA!

*******************************

Gabi, amei a tua participação! Um texto cheio de humanidade de uma mãe que teve medos e que agora não tem medo em admitir. Maternidade real, verdadeira. E o Gabriel é uma graça, faz jus ao posto de príncipe (ou rei) da família. Parabéns também pela sobrinha Samira, que ela traga muitas alegrias à família!


Eu também vivi um pouco desta sensação quando esperava a Yasmin. Tive dois irmãos menores e um filho antes de engravidar dela e achava que não daria conta de menina. Depois dela vieram mais 3!


E você, viveu algo parecido? Conta aí pra gente...


Por: Tuka Siqueira / @TukaSiqueira
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

  1. Oh Tuka...que bom que vc curtiu minha história, fico muito feliz em ver meu humilde blog citado aqui pelo seu...vc é uma graça, adorei ter contato com vc!
    Que nós possamos ter muitas e muitas "conversas".
    Sua família é linda...as meninas são fofíssimas. Puxaram para a mãe!
    E mais uma vez, OBRIGADA!
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Gabi é uma amiga querida, simples e verdadeira!
    Pelo blog dela cheguei aqui e adorei!!!

    Beijos e beijos

    ResponderExcluir
  3. Quando eu engravidei, tinha a certeza de que seria uma menina, mesmo que lá no fundinho eu quisesse um menino!
    Quando a médica me disse que era um garotão, fiquei meio assustada e falei´para o marido: Ué, será que ela errou?!?!? Tamanha era minha certeza de que teria uma menina srssrs
    E Deus me deu o Rafael. Um menino lindo e abençoado!
    Me identifiquei bastante com a parte onde a Gabi disse que não sabe se teria paciência de brincar de casinha kkkk eu realmente não teria!
    Se eu tiver outro filho, vou querer mais um garotão! To apaixonada pelo meu pimpolho!
    Adorei a "conversa" de hoje!

    Bjs nas duas

    ResponderExcluir
  4. Tuka, a Letícia está concorrendo na votação de hj! Fofa demais!

    ResponderExcluir

Que bom que você veio!
Deixe aqui a sua impressão,
opinião ou recadinho.
Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...