Ache aqui o que você procura!

terça-feira, 2 de abril de 2013

Eu e a depressão

Este último ano foi bem difícil, tenho entrado e saído de inúmeras e sucessivas crises depressivas.

A depressão tem me acompanhado há anos, agravando-se a partir do momento que precisei parar de trabalhar.

Ao contrário do que a maioria das pessoas acreditam, parar de trabalhar não foi uma escolha ou uma necessidade por causa das crianças. Precisei parar porque a fadiga era enorme e fadigada minha cabeça não funciona.

Tenho me esforçado muito para não me deixar abater, sucumbir à depressão, mas depressão é uma doença e sair dela independe da nossa vontade. Preciso de ajuda, de compreensão, de apoio, mas só tenho julgamento, acusação, condenação.

depressão-1

A cada crise, me sinto pior. E sofro duplamente: pela depressão em si e pelo sofrimento que causo nas pessoas que convivem comigo.

Tenho consciência de que minhas filhas sofrem em me ver sempre prostrada ou mau humorada, que gostariam que a mãe brincasse mais com elas. Mas é difícil pra mim agir diferente.

Na minha cabeça se cria uma confusão, não sei até que ponto estou com fadiga e onde começa a depressão. E se eu não me entendo, imagina os outros. Embora eu me ressinta da falta de compreensão e apoio, também entendo o quanto é difícil conviver comigo e entender que minha falta de interesse por tudo, não tem nada a ver com falta de amor.

Se consigo racionalizar os sentimentos, percebo claramente o quanto sou abençoada por ter a família que tenho, por ter os filhos que tenho, por ter o marido que tenho. Os amo mais que tudo nessa vida e me sinto feliz. Mas esse sentimento de desânimo, de desinteresse que não me permite achar graça em nada independe do amor que sinto. Então eu sofro e sofro ainda mais por entender que também faço sofrer quem eu amo.

É confuso, difícil de explicar. Não é que me falte de algo, mas me falta a perspectiva. Não consigo olhar no horizonte e ver a solução de alguns impasses da minha vida. Muitas coisas que eu gostaria de mudar depende dos outros. É claro que eu posso mudar sozinha, mas além de ser mais difícil, pode gerar ainda mais problemas.

Enfim, continuo me esforçando. Um dia de cada vez.

* Saiba mais sobre a depressão..

Comentários
8 Comentários

8 comentários:

  1. Tuka infelizmente essa praga de depressão nos acompanha, temos que lidar com ela da maneira menos prejudicial possível. Você já buscou ajuda médica ?? sei lá o q te dizer, mas fico muito preocupada com vc, queria poder te ajudar . Só quero que vc saiba que tem uma amiga aqui que pode contar sempre , vou orar por vcs todos e que vc encontre uma solução, que consiga aliviar essa sensação ruim q vc tá passando agora. Que DEUS te proteja e abençoe. Beijo

    ResponderExcluir
  2. Força ,Tukinha... Orando por você e mandando boas energias.
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Infelizmente a vida de pessoas com doença auto-imune parece autos e baixos. Eu tenho miastenia Graves estou passando por uma pequena crise, mas sei que a metade dela é a depressão, tenho psicólogo mas tem horas que não tem jeito. A melhor maneira que encontrei para suavizar foi virar blogueira. Também tenho meus blogs
    Mais na realidade o que precisamos é encarar tudo da melhor maneira possível e pedir a Deus cada vez mais força para continuar nossas jornadas.
    Beijos, espero que fique bem logo.

    ResponderExcluir
  4. Sentimentos compartilhados Tuka. Me vejo assim em muitos momentos. Mas logo passa...e passará pra ti tbm...
    O cruel é "estar" nestes exatos momentos de depré né?!
    Sinta-se abraçada e amada viu?! bjoks

    ResponderExcluir
  5. Tuka posso imaginar o que passas amiga,vou orar por vc amiga. Nossa vida é estressante nas grandes cidades e até nas pequenas, imagina quem passa por isso.Pense na sua família linda, nessas meninas inteligentes, encontre um tempinho p vc, sei não é fácil com meninas pequenas.DEUS TE PROTEJA. BJS QUERIDA.

    ResponderExcluir
  6. Tuka querida !!! força e fé. Tens uma família linda, meninas inteligentes, arrume tempinho para você, fazer algo que goste, talvez alivia isso tudo e
    se doa um pouco, faz um bem para alma.Deus te abençoe. bjs ana testa

    ResponderExcluir
  7. Assim como a Karen, tb fico preocupada contigo. Sei o quanto é difícil superar a depressão e o estrago que ela pode causar. Mas sabe, ao mesmo tempo, fico feliz em ver que escreveste sobre isso, abertamente. Quem sabe não é um passo pra melhorar, um pouquinho que seja, né?
    Um dia de cada vez amiga! Bjssss

    ResponderExcluir
  8. A parte de não ser compreendida é a pior parte!!!
    Força na peruca aí!!
    Bjo
    http://simplesmente-mamae.blogspot.com.br/
    http://www.mamaesemrede.com/

    ResponderExcluir

Que bom que você veio!
Deixe aqui a sua impressão,
opinião ou recadinho.
Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...