Ache aqui o que você procura!

domingo, 11 de setembro de 2011

Onde você estava?

O atentado mais filmado e fotografado que já se teve notícias.

Quem tinha mais de 5 anos de idade  e alguma consciência de que algo grandioso estava acontecendo, lembra bem onde estava há 10 anos atrás (minha filha tinha 5 anos e se lembra) quando aconteceram os atentados de 11/9 em Nova York. 


Eu estava no trabalho. Ouvimos no rádio que um avião havia batido em um prédio em Nova York. De cara achei muito estranho, mas ligamos a TV para ver se aparecia alguma notícia. O resto vimos ao vivo. O tempo praticamente parou naquele dia, só fizemos o absolutamente necessário, o dia todo com os olhos e ouvidos grudados na TV.

De todas as sensações daquele dia, lembro bem que tive medo, muito medo. Aquilo estava acontecendo muito longe de nós, mas sabia que não ficaria sem resposta, e uma guerra envolvendo a nação mais importante do mundo não podia resultar em boa coisa.

A guerra veio, mas as consequências, pelo menos para nós, não foram assim tão dramáticas como eu previ naquele dia sombrio. 

Até hoje lembro bem daquele dia e das cenas que vimos ao vivo pela TV. Aquele atentado foi o maior que o mundo já presenciou porque foi transmitido pela TV e porque atingiu um lugar que o mundo todo julgava inatingível. Por isso nos trouxe tanto medo: se conseguem entrar lá e fazer essa barbárie, nenhum lugar no mundo é seguro agora.

Mas as barbáries sempre trazem lições e o 11/9 nos ensinou que ninguém é grande o bastante que não possa ser derrubado. Isso traz uma certa humildade. Esperemos que esse tipo de coisa aconteça cada vez menos em nosso mundo e que não tenhamos mais que presenciar tanta violência pela TV.

Que o mundo tenha paz.

Por: Tuka Siqueira / @TukaSiqueira
Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. Lembro de estar sozinha em casa e uma amiga colombiana me telefonar. Ela estava apavorada, falava muito rápido e liguei a TV tentando entender.

    Se naquele dia me sentia sozinha morando em SP, nesse, então, foi um dos piores. A sensação angustiante de que, sim, existia uma forma de o mundo acabar, era através das mãos da intolerância.

    Seria o início de uma guerra? O que viria a seguir?

    Lembro que quando liguei a TV o segundo avião colidiu com o prédio.

    Não foram apenas as torres gêmeas que foram atingidas, mas todo aquele sonho de que a humanidade é fundamentalmente boa que parecia estar sendo derrubado.

    Todos aqueles filmes em que terroristas tinham planos de acabar com os Estados Unidos pareciam estar virando realidade.

    Acho que a guerra, de fato, já existia, pelo domínio dos territórios em que havia petróleo. Era velado. E os Estados Unidos tiveram, então, sua justificativa para continuar enviando agora mais ostensivamente suas tropas de jovens cheios de potencial para o Oriente Médio.

    Na minha mente ficou uma frase antiga: ä semeadura pode ser aleatória, mas a colheita é certa". - Não torci nunca por isso, mas a sensação de que a gente constrói o céu e o inferno em que vive se uniu à frase.

    Também desejo, como dizem as misses, "world peace". E procuro educar meus filhos pra isso. Torço pra que outras famílias tenham esse objetivo em mente.

    Paz e luz, para todos nós que perdemos um pouco de nossas ilusões no 11 de setembro de 2001.

    Ingrid

    ResponderExcluir
  2. Bom dia amiga!
    comecei o dia lendo com você!

    fiquei aqui caraminholando e é quase certo que naquela manhã eu estava dentro da sala de aula com uns 26 miúdos, pois lecionava de manhã e acho que só foquei sabendo do ocorrido ao meio dia.

    eu também espero que o mundo tenha mais paz e que meus/nossos filhos não precisem se doer com essas atitudes

    amem!

    bjocas e bom domingo

    ResponderExcluir
  3. Eu estava na sala de uma amiga, esperando-a... com a TV ligada. Qdo vi o primeiro aviao pensei: Caraca! um acidente! e dai veio o outro e... nao vou esquecer. Aquilo foi muito chocante!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Aqui Tuka http://www.alinedexheimer.com/11-de-setembro.aspx
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Eu tb lembro bem daquele 11 de setembro, amiga. Eu estava na TV, preparando o jornal da hora do almoço. EU sempre trabalhava à tare, mas naquele dia estava cobrindo uma colega que estava de férias... Pois´bem. Lá tinha TVs ligadas em tudo o que era lugar, acompanhando normalmente as programções de vários canais. Quando o atentado aconteceu, as imagens ficaram todas iguais... ficamos quase que paralisados, vendo tudo aquilo... eu quase nem conseguia acreditar, parecia coisa de filme... Um grande abraço e uma ótima semana pra vc, amiga, de muita paz !

    ResponderExcluir
  6. Foi um dia muito marcante mesmo... achei que viveríamos a III Guerra Mundial. Tive muito medo também.

    ResponderExcluir
  7. Eu estava no trabalho,escritóri ode contabilidade, a tv da recepção só era ligada qdo chegava algum cliente, e alguém ligou para a dona,ficamos estarrecidos diante da tv... e nesse dia para nós é dia de festa,pois o primo das crianças completava um aninho...
    Ficamos todos com muito medo, lembro de ficar pensando e revendo as imagens todas as vezes e pensando em como foram os últimos minutos das pessoas,dos que se chogaram em desespero dos que se salvaram...que sirva de lição, se bem que o mundo ñ tem um histórico de aprendizado,infelizmente...bjs,tukinha...

    ResponderExcluir

Que bom que você veio!
Deixe aqui a sua impressão,
opinião ou recadinho.
Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...