Ache aqui o que você procura!

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Sem assunto, sem inspiração, sem vontade.


Estou passando novamente por um daqueles momentos em que fico horas à frente de uma página em branco até desistir de escrever.


Ando desmotivada, sem vontade até mesmo de interagir com as amigas nas redes sociais. Há muito tempo que desisti do Orkut; há várias semanas só entro no twitter para responder às minhas menções; no facebook ainda encontro certa motivação, mas com pouco tempo pra usar o PC, tendo só o celular para me conectar, perco a vontade.

O blog anda semi-abandonado. Faz tempo que não produzo um texto decente, digno dos meus inúmeros (oi?) leitores.  Se não fossem as fotos das meninas e as historinhas delas, isso aqui estaria às moscas.

A fadiga anda pegando pesado comigo. O tempo, com esse chove-esfria-chove também não ajuda. A obra do banheiro não sai do lugar, por causa da umidade o que era pra levar uma semana, já está indo pra quarta.

Situações tristes com amigos, envolvendo doenças graves e situações sobre as quais não temos nenhum controle o não podemos fazer nada para ajudar, além de rezar, também estão me deixando um bocado deprê.

Nem tudo é cinza e há também coisas bacanas acontecendo, mas o brilho delas está ofuscado por estas situações tristes.

Aí, eu me lembro de um post da Daniele, do blog Balzaca Materna, em que ela fala da decepção de uma pessoa ao conhecer pessoalmente uma amiga virtual, admirada anteriormente por suas supostas qualidades e questiona de quem é a culpa, se daquela que não contou toda a verdade sobre si mesma, ou da outra que fantasiou a cerca do que imaginou ser a verdade (leia o post clicando aqui).

E assim como deixei escrito lá nos comentários, pergunto aqui:

Quem é que compartilha suas fraquezas? Quem compartilha a mesquinhez cotidiana? Quem compartilha suas desgraças, suas misérias, seus desamores, seus pecados?

O fato de uma pessoa omitir informações, não significa mentira e má fé, pode ser simplesmente uma defesa. Eu mesmo, com textos como esse de hoje, corro o risco de transformar esse blog num muro de lamentações e não é isso que eu quero muito menos meus leitores.

Então, enquanto durar essa má fase, vou me abster de postar. Vou dar uma sumida. Não de todo, pois ainda haverá as crianças e sua inesgotável fonte de boas histórias pra compartilhar, rir e se emocionar.

Por favor, não me abandonem!





Por: Tuka Siqueira / @TukaSiqueira
Comentários
16 Comentários

16 comentários:

  1. Querida Tuca, embora tenha pouco tempo que nos conhecemos já te admirei pela sua coragem com os 5 filhos, e pela coincidência com a minha história também. Ás vezes também sinto isso,  as vezes me sinto tão só que meu coração dói. Entrei no mundo virtual para preencher um pouco deste vazio de estar longe, mas aqui também percebo muitos comportamentos que causam surpresa. O tempo é sempre muito curto para quem é mulher, para quem é mãe. Se formos esperar o tempo não faremos nada, e por isso temos que moldar nosso tempo dentro do que somos e dos papéis que exercemos. Sei que é muito difícil, mas isso vai melhorar. Não se sinta triste, você é tão bonita, tão simpática, tão corajosa, não fique assim não, não vale a pena. Crie um desafio, faça acontecer, a sua felicidade está dentro de você, não busque-a fora, busque-a dentro. Eu estou te abraçando bem forte agora.........................sentiu????? Beijos 

    ResponderExcluir
  2. Oi Minha querida!!!

    Vc sabe que JAMAIS te abandonarei!!! Sabe que vc é uma das minha favoritas, uma das que eu mais amo ler os posts, mesmo com poucos cometários que eu deixo....

    Sabe que ja faz bastante tempo que eu e meu marido estamos com vontade de fazer uma viagem e eu tenho insistido para irmos para POA, ele quer ir para Foz. Se tudo der certo e nós formos, vou fazer questão de te conhecer e a sua família. 

    Amo vc!!! De verdade....


    Bjos!!!

    ResponderExcluir
  3. Tuka querida
    todas nós passamos por momentos de introspecção em que necessitamos de silencio pra organizar as ideias dentro da cabeça
    Leio seu blog sempre nunca comentei eu acho, mas hj quero dizer-te q se vc precisa de tempo vai la q eu te espero aqui do outro lado da tela do computador pra vc me inspirar como sempre que leio um texto seu
    te admiro pela coragem de ser mãe de cinco pelo amor q cultivas pelos teus e por ser tão simples e simplesmente maravilhosa no seu jeito de escrever  acho q se te conhecer não me decepcionaria pelo fato de tu ser transparente demais naquilo q escreves
    Vai la  q te aguando aqui ath?!
    com profunda admiração e carinho

    ResponderExcluir
  4. Ai Tukinhaaa..... se esse é seu momento de reclusão, que seja. Mas eu que digo, não nos abandone viu!? =))

    Vou lá ler esse post da Dani, ainda não vi! Beijo IMENSOO! 

    ResponderExcluir
  5. Não se preocupe, Tuka, querida.
    Ninguém vai te abandonar, pois nós te entendemos perfeitamente... QUem nunca passou por um momento assim que atire a primeira pedra... Um grande abraço, força pra enfrentar as adversidades desse momento e fique tranquila... Estaremos sempre por cá ! Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Tuka, não compartilhamos nossas fraquezas simplesmente porque as pessoas costumam ser implacáveis com as fraquezas....como se não as tivesse. Todo mundo as tem, o que muda é a forma como lidamos com elas.

    Vamos botar a culpa no tempo? Tá um saco isso. Sério mesmo, tenho vontade de morrer com toda essa umidade, com esse céu cinza, com semanas inteiras chuvosas...é pácabá qualquer bom humor.

    Tb ando desanimada. Tb ando sem tempo e sem inspiração....mas louca que a primavera chegue com dias mais longos, com sol maravilhoso e borboletas coloridas!

    Vai melhorar, vc vai ver!
    Beijo grande.
    Nunca te abandonaremos.

    ResponderExcluir
  7. HUMM SEI BEM COMO É ESTAR ASSIM... TB TO.. ABANDONO O BLOG POR DIAS A FIO.. MAS ESSA FASE PASSA..
    BEIJOS..

    ResponderExcluir
  8. Oi Tuka, li teu post , fiquei preocupada, pois sei bem o que sentir-se assim. Sei também que não adianta dizer que tudo vai melhorar (e vai) porque nesses momentos a gente se sente sem ar, sem chão, sem direção.

    Mas a fé ainda está em nós e ainda somos parte dos planos de Deus, ele ainda não nos abandonou.

    Fiz muitas amizades pelo blog e recebi muita ajuda. Imagine em 3 meses teu mundo caircirurgia, estrupro, assalto, perdi minha casa, meus moveis novos foram quebrados, os amigos que confiava foram embora, perdi o emprego porque a depressao não me deixava. Uma amiga do trabalho me roubava as ideias, os trabalhos e eu a amava. São dores que temos que suportar.

    Mas tenha fé, sempre. Estamos aqui.

    Bjs
    Luizawww.barracodevidro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. OOoo querida, fica assim não!

    Se precisar de um ombro amigo, estou aqui!

    beijos e fiquem com Deus

    Barbrinha

    ResponderExcluir
  10. Eu ando com um problema muito parecido com o seu. Quando tenho criatividade, não tenho tempo. Quando tenho tempo, não tenho criatividade. Quer dizer, tempo eu nunca tenho mesmo, preciso improvisar. Mas as vezes falta criatividade até mesmo pro blog da Mulher e Mãe, aí já viu. Nessa brincadeira, o meu pobre blog é que fica abandonado...

    Beijos e torcida pra sua criatividade voltar!

    ResponderExcluir
  11. Será que finalmente conseguirei comentar???


    Querida e amada Tuka!

    Não desanimes, vou reforçar o coro da Daniele, é o frio esse chato!
    Ele deixa a gente borocoxo, desanimada...mas a Primavera vem ai cheia de flores e alegrias.Enqto ela não chega a gente curte um mofinho...rs...abraçadas...Como já te disse, adoro te ler, mas nem sempre comento, to sempre de olho viu...

    Bjs sua linda e bjs pra minhas lindas.

    ResponderExcluir
  12. flavia_shiroma_de_paula25 de agosto de 2011 20:07

    Sabe Tuka, eu sempre pensei que seria difícil alguém se decepcionar comigo ao me conhecer pessoalmente porque tudo o que eu escrevo no blog é a mais pura verdade e não costumo pôr flores onde não tem. Porém, muitas vezes, por mais que tentemos passar uma boa imagem pessoalmente, ainda sim não é garantia de que a outra pessoa vai enxergar exatamente como tentamos transmitir. Mas concordo que isso acontece mesmo. Virtualmente a pessoa é uma e pessoalmente é outra! Mas, não acho que isso seja com a maioria ou uma regra, deve ser só exceção.
    Quanto ao seu desânimo e falta de inspiração, é tudo normal! Depois você se reanima de novo! Não vou te abandonar não viu linda?! Boba! rsrsrs
    Um beijão Tukinha! :)

    ResponderExcluir
  13. Ana Paula Lima Pereira25 de agosto de 2011 21:54

    Oi Tuka, passei por uma fase parecida há um tempo, parei de blogar e até de visitar os blogs, estava me sentindo tão desinteressante, que tudo que eu pensava em postar parecia ridículo.
    Tire umas "férias" de nós e voltará novinha em folha. Nada como o tempo para nos dar novo gás e novas perspectivas.
    Melhoras para a sua saúde e de seus familiares.
    Paula Li
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Tuka, você não será abandonada. Todas nós passamos por momentos como esse. É normal, afinal, somos seres humanos, sentimentalóides.

    A nossa vida é feita de fasese e não temos que estar bem 24 horas por dia, 7 dias por semana. Nem se cobre isso.

    Você é uma pessoa muitro querida - on line e tenho certeza de que off line também.

    Curta sua deprê momentânea, sua vontade de jogar as coisas para o alto e sair correndo a la Forrest Gump. São esses momentos que nos deixam mais fortes. Superá-los nos torna pessoas melhores.

    Fique bem, minha amiga.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  15. Agradeço pelos comentários carinhosos de vocês! Me senti tão abraçada e reconfortada! Obrigada!!!!

    ResponderExcluir
  16. Oi Tuka,
    as vezes fico meio cansada também. Não dá para ficar conectada em tudo o tempo todo.
    A questão dos blogs, no meu entender, é que a pessoa mostra ali a parte que tem vontade de mostrar. No meu ver, o que não foi exposto não é falta de sinceridade. O problema é se o que foi exposto é mentira, aí sim. Acho que o conteúdo do blog depende do objetivo, do que ele representa para quem escreve. Não podemos achar que conhecemos profundamente as pessoas porque lemos os blogs, compartilhamos alguns momentos. E não é porque não conhecemos a pessoa por completo que esta não é nossa amiga. O problema está na decepção, quando fantasiamos o que não é exibido ou o conteúdo é mentiroso.
    beijos

    Chris

    http://inventandocomamamae.blogspot.com/ 

    ResponderExcluir

Que bom que você veio!
Deixe aqui a sua impressão,
opinião ou recadinho.
Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...