Ache aqui o que você procura!

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Aposentadoria x Trabalho




Este é um assunto um tanto quanto espinhoso pra mim. Estou na batalha pra conseguir minha aposentadoria e embora eu queira tanto, me sinto muito dividida quanto a isso.

A situação é a seguinte: Tenho 40 anos. Ainda teria muitos anos de vida "ativa" e me aposentar agora é até triste. O INSS leva muito isso em conta e é claro que não quer me pagar pra eu ficar em casa de pernas pra cima (oi?).

Ao mesmo tempo, por causa da minha doença, as sequelas e sintomas, eu não sou capaz de arrumar um emprego decente, que me pague um salário digno e me dê os benefícios de uma carteira assinada. Só consegui alguns "subempregos", sem carteira, sem garantias. E mesmo esses, não consegui manter por muito tempo, pois tenho crises de fadiga inesperadas e a cada crise, meu cérebro simplesmente pifa, ou seja, esclerose múltipla nada tem a ver com demência, mas a fadiga me deixa fora do ar.

Sei que ainda seria capaz de render alguma coisa, mas para isso, necessitaria de algumas condições especiais, como o direito de dar uma parada no momento em que me sentir fadigada e descansar um pouco. Normalmente alguns minutos deitada, são capazes de me recompor. Mas quem tá afim disso?

Aqui, o comum é as empresas já não respeitarem os direitos básicos, já adquiridos e respaldados pela lei, (como férias, pagamento de horas extras, licenças médicas ou maternidade sem pressão psicológica) imagina me dar direitos extras e que poderiam gerar conflitos com outros funcionários?

Sei que não sendo dessa forma, eu terei problemas. Volta e meia por conta das minhas consultas e exames, sempre em Porto Alegre, precisaria me afastar do trabalho por um dia inteiro. Tendo uma crise de fadiga e não podendo descansar, corro o risco de fazer coisas erradas ou simplesmente não conseguir concluir minhas tarefas. Quem tá afim?

Esse é o meu dilema. A aposentadoria me daria uma tranquilidade para poder cuidar mais da minha saúde. Voltar ao trabalho poderia ser bom para mim, mas certamente seria só por um tempo, pois à medida que surgirem os problemas e dificuldades eu iria me estressar demais com isso, como já me estresso agora por conta dessa situação sem definição.

A dificuldade em conseguir a aposentadoria está em minhas sequelas serem menos físicas e mais cognitivas e essa parte é mais difícil de quantificar, as respostas são mais subjetivas e seria necessária uma sensibilidade por parte dos médicos peritos que eles simplesmente não têm.

Mas também conheço pessoas, com bem menos dificuldades que eu e menos idade, que já estão aposentadas por conta de serem portadores de esclerose múltipla. Porque eu não?

Então tô ai na luta. Aguardando os resultados. Gostaria muito que essa novela tivesse um fim e que eu pudesse finalmente respirar.

Torçam por mim.

Por: Tuka Siqueira / @TukaSiqueira
Comentários
8 Comentários

8 comentários:

  1. Ô amiga é lamentavél o q ocorre com vc, imagino "as poucas e boas" pelas quais vc passa!
    Mas fica firme, espero q ocorra tudo bem e vc consiga o melhor pra ti!

    ResponderExcluir
  2. Tuquinha, estou aqui na torcida por você, viu!
    Se Deus quiser esta aposentadoria saiu!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Estou torcendo para que consiga sua aposentadoria, para ter alguma tranquilidade financeira. Se sentir necessidade de trabalhar, após tudo resolvido, escolha algo que só dependa de você e que lhe dê satisfação.

    ResponderExcluir
  4. Own querida... não sei bem como opinar, talvez por não ter como se colocar no lugar do outro, só vc sabe o que sente, mais ninguém! Mas torço para que sua mente clareie e que faça a melhor escolha principalmente para VOCÊ!

    Um grande beijo, conta comigo! =))

    ResponderExcluir
  5. Meu pai tem Parkinson. Há uns 2 anos finalmente aposentou-se. 
    Demorou pelo menos 4 anos para ele conseguir.
    Da primeira vez que foi no Inss, o médico lhe deu 1 mês. Será que o médico pensou q em um mês ele ficaria bom? 
    Fico pensando que tem muita gente que se faz de doente e por isso eles penalizam quem realmente precisa.
    Não desista. Você conseguirá logo o seu benefício!
    E quem sabe com esse "sossego" vc consiga trabalhar com algo em casa, mas de uma forma que não lhe traga mais dores.
    Beijos e boa sorte!
    Ana Carolina
    @anacarolinaqui:twitter 

    ResponderExcluir
  6. Ana Paula Lima Pereira20 de agosto de 2011 16:20

    OI Tuka, estou torcendo por você, o INSS é duro na queda!!! E como você acha que esta muito cedo para pendurar as chuteiras, mesmo com a aposentadoria já pensou num trabalho alternativo, feito em casa mesmo?
    Bjs
    Paula Li

    ResponderExcluir
  7. Tuka,


    Né fácil naum...mas Deus há de colocar uma pessoa iluminada no teu caminho e lhe ajudar, seja com a aposentadoria, ou com um trabalho que sua condição seja respeitada.E que seja em breve!!!!bjs sua linda

    ResponderExcluir
  8. É isso. É claro que eu poderia fazer algo em casa pra vender, ou outro trabalho qualquer, mas seja o que for, eu sempre esbarro na maldita fadiga. E fica difícil se sustentar com um trabalho que vc só faz quando pode. Alguma coisa em casa eu posso até fazer como complemento de renda, aí faço quando estiver me sentindo bem e enquanto estiver me sentindo bem. Mas para garantir sustento, não dá não. Mas vamos ver no que vai dar. Obrigada a todos os comentários! Boa semana!

    ResponderExcluir

Que bom que você veio!
Deixe aqui a sua impressão,
opinião ou recadinho.
Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...