Ache aqui o que você procura!

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Reunião dançante

Ontem enquanto escrevia sobre o dia do amigo, minhas lembranças me leveram até uma época muito animada da qual me lembro com muito carinho, a das reuniões dançantes.

Eram encontros que aconteciam geralmente numa garagem ou na casa de alguém, com música pra dançar, guaraná e coca-cola, pastéis, biscoitos e nega-maluca. Terminavam em torno das 10 da noite e eram absolutamente inocentes. Dançávamos alegremente as músicas da época,  de LP's trazidos pelos participantes da "festinha". Mais pro final, aparecia um LP de música lenta, que era tocada à meia luz, momento de "casar" na festa. Esse casar resumia-se a se formar um par para dançar juntinho e ouvir a zoação dos outros o resto do mês. Só.
Mais tarde é claro isso tudo foi mudando, o horário começou a se estender até a meia-noite, clandestinamente já aparecia uma garrafa de vinho ou cerveja e a hora de "casar" já rendia alguns beijinhos no final da festa e às vezes evoluiam para um namoro. 

Um pouco mais adiante as festinhas já contavam com alguns casais de namorados e mais alguns "solteiros" querendo se arrumar, as músicas já eram melhor distribuídas e a pouca luz já era norma desde o início. Mesmo com bebida alcólica e alguns avanços dos casais mais afoitos, tudo era muito diferente do que é hoje. Com educação e respeito, sem agressões, pois os brigões eram praticamente banidos dos grupos.

Estas épocas distintas também significavam grupos diferentes que iam ficando maiores com o passar do tempo. Esses grupos tinham histórias próprias, de paixões não correspondidas, de amores platônicos, de ciúmes patológicos. Mas apesar disso tudo ou talvez por causa disso tudo, era bom, divertido, intenso. Grandes amizades surgiram alguns romances iniciaram e termiram, alguns outros poucos vingaram e deram frutos.

Como estou morando em outra cidade, mantenho um tímido contato com algumas dessas pessoas, outras nunca mais tive notícias. Mas todas fazem parte de um época bacana da minha história. E que contada assim parece ter acontecido no século passado. E não é que foi?
Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. Já falamos sobre isso esses dias, né.... a lembrança do meu primeiro beijo... foi depois de uma festinha destas, no apartamento da Renata.

    Mas muitas foram na casa do Alexandre (leiteiro) do Fabio (fera), e me lembro de uma no seu apartamento, pena que você não me dava bola...rsrsrssrs

    ResponderExcluir
  2. Ai que delícia, vc contando parecem terem sido maravilhosos esses momentos mesmo...
    eu não tive esses momentos. as lembranças q tenho ainda são de brincar de bonecas com as amigas de infância... e olha q brinquei muitoooooo...

    ai... lembranças...

    adoro-as...

    ResponderExcluir
  3. Também vivi este tempo de reunião dançante. Que coisa boa, pura!! E hoje tudo é tão diferente!!
    @ Márcia @ (via orkut)

    ResponderExcluir
  4. eu tambem vivi esses tempos, e hoje quando conto sobre as reuniões dançantes prás minhas filhas, elas dão muitas risadas achando hilário o nosso jeito de namorar, mas mal sabem elas o quanto eram gostosos esses tempos de paquera cheias de pureza. adorei ler sobre o assunto. beijos, tia Sônia

    ResponderExcluir
  5. Adorei sua história....Estou me vendo anos atrás...Como era tudo maravilhoso...Inocência e felicidade andavam juntas....Saudades desta época de descobertas...Parabéns pelo relato xará!

    ResponderExcluir
  6. Também vivi este tempo de reunião dançante. Que coisa boa, pura!! E hoje tudo é tão diferente!!
    @ Márcia @ (via orkut)

    ResponderExcluir
  7. Adorei sua história....Estou me vendo anos atrás...Como era tudo maravilhoso...Inocência e felicidade andavam juntas....Saudades desta época de descobertas...Parabéns pelo relato xará!

    ResponderExcluir

Que bom que você veio!
Deixe aqui a sua impressão,
opinião ou recadinho.
Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...